Guias sobre segurança    Blog    Arquivos

O Coletivo Encripta existe com o intuito de promover a inclusão no debate da segurança e criptografia, e expandir a disseminação, bem como a troca, de conhecimento e de práticas de anti-vigilância e defesa digital. Neste sentido, é fundamental que todas as pessoas se sintam à vontade para compartilhar seu trabalho, opiniões e perspectivas. E, para isso, faz-se necessário que todos os espaços, digitais e/ou presenciais, ligados ao Encripta sejam ambientes que garantam e promovam o respeito, a inclusão, o diálogo, a escuta, a aprendizagem compartilhada e a colaboração.

Para assegurar este caráter, o Coletivo Encripta mantém uma política antiassédio que rejeita todos os tipos de práticas e comportamentos homofóbicos, racistas, sexistas, transfóbicos ou de outra forma excludentes.

Quando o Código de Conduta se aplica?

Este Código de Conduta governa a participação em atividades e eventos promovidas pelo Coletivo Encripta e aplica-se a todas as pessoas participantes destes eventos e atividades.

A internet é vida real! Este Código de Conduta aplica-se em todos os espaços digitais ligados ao Coletivo Encripta (por exemplo, canais de bate-papo de grupo, redes sociais, etc).

As pessoas participantes que violarem este Código podem ser excluídas dos espaços ligados ao Coletivo.

Como relato um problema relacionado ao Código de Conduta?

Por favor, fale conosco se você encontrar algum problema – seja relacionado a uma situação específica ou a um aspecto mais geral do Coletivo Encripta. Você pode relatar o problema à equipe do Encripta pessoalmente (em situações ocorridas em eventos e atividades, por exemplo) ou por e-mail (encripta arroba riseup.net).

Você também pode reportar anonimamente problemas para a equipe do Coletivo Encripta – mas use um endereço de e-mail onde você poderá receber respostas.

Confidencialidade

As informações compartilhadas com a equipe do Coletivo Encripta devem ser tratadas de forma confidencial e não serão mantidas após o fechamento do caso relatado. Em alguns casos, as informações precisarão ser compartilhadas para fins de implementação de uma resposta ao acolhimento deste Código de Conduta. Por exemplo, se uma pessoa que relata um problema está buscando uma desculpa de outra pessoa participante de espaços do Encripta, a equidade requer que a outra pessoa participante seja informada da questão que foi relatada e da identidade da pessoa que faz o relatório. No entanto, a informação nunca será compartilhada com outras pessoas sem o conhecimento e o consentimento da pessoa denunciante.

A informação não pode ser mantida em sigilo quando a segurança de outras pessoas participantes de espaços do Coletivo Encripta estão em risco, ou quando existe a obrigação legal de denunciar (por exemplo, em determinadas situações envolvendo menores de idade).